Atriz surda participa de novela no SBT

Redação Uníntese

Conheça a intérprete de Pórcia, Beatriz Oliveira uma atriz surda, que faz a novela “A Infância de Romeu e Julieta” no SBT, perdeu a audição aos 17 anos devido à otosclerose.

Otosclerose é uma condição genética que causada pela má formação do osso esponjoso no ouvido. Quase 10 anos  após o diagnóstico, a atriz faz sua estreia em novelas, interpretando Pórcia em “A Infância de Romeu e Julieta”, do SBT, destacando sua conquista como um avanço para pessoas com deficiência auditiva.

Interpretando Pórcia em "A Infância de Romeu e Julieta

Beatriz começou a usar aparelho auditivo e a aprender Libras para se integrar à comunidade surda. Durante o teste para o papel de Pórcia, onde competiu com atrizes sem problemas de audição, ela demonstrou grande segurança, graças ao seu profundo conhecimento do universo que envolve a personagem. Além disso estar no meio artístico há oito anos, com tudo a novela do SBT marcou sua primeira oportunidade de atuar em uma novela.

Atriz cobra mais inclusão

“Para ser sincera, não sinto que há tanta inclusão no meio artístico”, afirmou a atriz de 26 anos. “A comunidade surda existe há muitos anos, e só agora as pessoas estão começando a falar sobre tais assuntos e ainda sem saber as informações importantes.

Interpretando Pórcia em "A Infância de Romeu e Julieta

No geral, há a tentativa de incluir, mas sem saber bem como. Inclusão não é você pegar uma pessoa surda e colocar lá para fazer um trabalho. sendo que o outro profissional não sabe como lidar, nem se comunicar com uma pessoa que fala em Libras.

Existe uma dificuldade muito grande nesse meio de nos abraçar de forma verdadeira, de olhar para a nossa diferença e querer nos entender. Na verdade, a invisibilidade da comunidade surda é um problema maior.

Beatriz Oliveira - atriz

Não é apenas sobre Libras, não é só nas artes. É a comunicação como um todo nos serviços de atendimento à população. Por exemplo, hospitais, delegacia, visto que não estão preparados para atender a população surda”, declarou.

Em principio, a perda gradual da audição surgiu no momento em que Beatriz decidiu seguir seu caminho na arte. Nesse meio tempo ela percebeu a perda auditiva, ou seja enquanto buscava uma vaga no curso de dança do Núcleo Luz.

Ela notou a perda auditiva quando buscava uma vaga para participar do curso de formação em dança no Núcleo Luz. Beatriz passou na audição para estudar na escola apenas seguindo a vibração no chão. Para compensar esta falta da escuta, segundo a atriz, foi necessário aguçar outros sentidos, ter um olhar mais atento para si e ao redor. 

Interpretando Pórcia em "A Infância de Romeu e Julieta

Vida artística

Antes de conquistar seu papel em “A Infância de Romeu e Julieta”. A atriz Beatriz já havia acumulado uma sólida experiência no cinema, publicidade e plataformas de streaming. Bem como em 2022, ela interpretou Rayane, uma das protagonistas do filme “Escola de Quebrada”. Uma produção da Kondzilla em parceria com a Paramount, dirigido por Kaique Alves.

Beatriz Oliveira - Atriz SBT

Logo em seguida, protagonizou “Lapso”, um curta-metragem realizado em Belo Horizonte, dirigido por Carolina Cavalcanti. Onde recebeu diversos prêmios, incluindo o de Melhor Filme Curta-metragem pelo Canal Brasil e o prêmio dos 10+ favoritos. Pelo júri popular no 34º Festival Internacional de São Paulo Curta Kinoforum.

Pórcia (personagem que Beatriz interpreta na novela)

Em 2023, além de ter sido eleito Melhor Filme na Mostra Competitiva Nacional pelo júri popular no 25° Festival Kinoarte. Beatriz também participou da terceira temporada da série “Unidade Básica”, da Universal TV. Dirigida por Suzy Milstein, interpretando o papel de Gislaine e contracenando com Caco Ciocler.

Comentários

Open chat