Quem foi Helen Keller?

Você sabe quem foi Helen Keller? Então, talvez você já tenha ouvido falar do nome dela, mas não conheça sua história não é mesmo? Conheça a americana considerada uma das mulheres mais fascinantes da história, que ficou cega e surda aos 19 meses de idade e tornou-se uma inspiração para muitos, deixando um extenso legado na cultura e na educação. Confira!

Helen Keller (1880-1968) /Fotografado em sua formatura no Radcliffe College

Para começar, Helen Adams Keller foi a primeira pessoa surdocega da história a conquistar um bacharelado. Ficou conhecida por suas obras na literatura e no cinema. Ela era escritora, conferencista e ativista social.

Nascida em 27 de junho de 1880, nos Estados Unidos, filha de Kate Adams Keller e do Coronel Arthur Keller, capitão do Exército dos Estados Confederados da América, Helen ficou cega e surda aos 18 meses de idade devido a uma doença diagnosticada então como “febre cerebral”, que hoje acredita-se que tenha sido escarlatina ou meningite.

Se hoje em dia ter uma criança surdocega já é um grande desafio, imagine em 1880?

Dessa forma, em 1886, a mãe de Hellen leu um relato do autor Charles Dickens, no American Notes, a respeito da educação bem-sucedida de uma mulher surda. Dessa forma, ela decidiu enviar a filha para ver um médico especialista em olhos, ouvidos, nariz e garganta, em busca de aconselhamento. Assim, o médico encaminhou os Kellers para Alexander Graham Bell, que estava trabalhando com uma criança surda à época. Bell, que por sua vez, os aconselhou a procurarem a Perkins Institute for the Blind, localizada em South Boston.

Por fim, o diretor da escola, solicitou à ex-aluna, Anne Sullivan, que também tinha deficiência visual, para tornar-se instrutora de Helen. Assim, este foi o início de uma relação de 49 anos durante a qual Sullivan tornou-se professora e acompanhante de Keller e tudo mudou na vida de Hellen.

Professora Anne Sullivan

Helen com a professora Anne Sullivan

Com a chegada da professora Anne Sullivan à sua casa, quando Helen Keller tinha pouco menos de sete anos, seu mundo transformou-se: aprendeu a manifestar, através das palavras, até então desconhecidas, seus desejos e sentimentos, além de entender as regras do mundo ao seu redor, ela aprendeu a criar através da arte. Uma imensa felicidade, que a tirou do mundo de escuridão em que vivia.

“Gradualmente acostumei-me ao silencio e a escuridão que me rodeavam e esqueci que algum dia fora diferente. Até que ela chegou, minha professora que iria libertar meu espírito.”

– Helen Keller

Legado

Helen Keller tornou-se um exemplo de superação e coragem, bem como um símbolo da luta pelos direitos das pessoas com deficiência.

O aprendizado de Keller significou um avanço importante na educação especial. O ensino de Keller foi o primeiro a ser registrado com confiabilidade em vários trabalhos escritos e originou muitos novos métodos na área da educação especial.

A História da Minha Vida

Livro autobiográfico de Helen Keller

O livro “A História da Minha Vida” é um relato autobiográfico de Helen Keller (1880-1968), que mesmo tendo ficado cega e surda aos 19 meses de idade, conseguiu aprender a ler, escrever, falar, dominar línguas, graduar-se em Filosofia e tornar-se uma escritora reconhecida.

Ademais, Helen Keller é considerada uma das mulheres mais fascinantes da história dos Estados Unidos. Nesta autobiografia “A História da Minha Vida”, a autora narra sua luta árdua, obstinada e vitoriosa para se integrar na sociedade.

Assista:

Fontes: Helen Keller, A História de Minha Vida

Emocionante não é mesmo? Helen Keller com certeza continua sendo uma inspiração até hoje! Você gostou? Então deixe seu comentário e compartilhe esta história incrível com seus amigos 😍

Veja também:

Comentários