Crianças criam livros e dois filmes para estudantes surdos

Mariane Ramos Santos

Crianças criam livros e dois filmes para estudantes surdos

Os alunos do ensino fundamental da rede pública de Cotia e de Taboão da Serra, municípios da região metropolitana de São Paulo, produziram 100 livros e dois curtas-metragens voltados a estudantes surdos.

Todo o material foi elaborado durante uma semana de atividades online, no projeto “Pequenos à obra”, incentivado por meio da Lei Aldir Blanc.

Participaram aproximadamente 100 estudantes da Escola Municipal de Educação Bilíngue para Surdos (EMEBS), Heitor Villa Lobos (EMEF), Centro de Educação para Surdos Rio Branco (CES), além da ONG Semente do Amanhã e da Casa José Eduardo Cavichio (CAJEC) de apoio à criança com câncer.

O grupo foi reunido em oficinas sobre ilustração e cinema, atividades lúdicas e criativas que propunham à cada criança escrever e ilustrar o próprio livro, desenvolvendo narrativa, construção de personagens, diálogos e desenhos, além de trabalhar de maneira coletiva para a produção dos filmes de animação.

Os livros foram diagramados e impressos em uma gráfica. Cada estudante recebeu uma cópia e exemplares estão disponíveis na Secretaria de Cultura de Taboão da Serra.

As publicações não estão a venda, mas as versões digitais de dois títulos, “Animais Fantásticos” e “O Reino Fantástico”, já estão liberados para download gratuito.

Os curtas-metragensA menina do Tempo” e “o Menino da Chuteira” também foram publicados no canal “Pequenos à Obra”, no Youtube.  

Para mais informações sobre o projeto, você pode clicar aqui e acessar o site. O canal do Youtube também possui outros vídeos.

Crianças criam livros e dois filmes para estudantes surdos

Fonte: Estadão

Comentários

Open chat