Surdolimpíadas: Brigada Militar de Caxias do Sul desenvolve orientações em Libras para a comunidade surda

Guilherme

As Surdolimpíadas estão chegando, e com a proximidade do evento, aumenta o número de iniciativas referentes à Libras, especialmente em Caxias do Sul, cidade gaúcha que vai ser sede da competição.

A Brigada Militar de Caxias do Sul desenvolveu uma série de orientações para facilitar a comunicação com a comunidade surda durante as Surdolimpíadas. A competição, que está confirmada para acontecer entre 1 e 15 de maio, é o maior evento esportivo de surdos do mundo, e contará com aproximadamente 6 mil atletas, de mais de 100 países.

Nas redes sociais, a Brigada Militar publicou um vídeo no qual os policiais simulam uma abordagem, se comunicando em Libras. O objetivo é qualificar a comunicação da Brigada com os surdos e incentivar os policiais a aprenderem a Libras.

De acordo com o comandante do 12º Batalhão da Brigada Militar, tenente-coronel Emerson Ubirajara de Souza, “a iniciativa é extremamente importante, já que a comunicação entre o policial e uma pessoa surda durante uma busca pessoal, por exemplo, necessita de clareza e fluidez, facilitando à pessoa abordada a adoção do movimento solicitado pelo PM”, disse.

Produção foi parceria da Brigada Militar com Visurdo

O material foi produzido em parceria com o perfil Visurdo, que é formado por um casal de irmãos, e é famoso dentre a comunidade surda. A dupla produz materiais justamente pela produção de conteúdos sobre surdez, inclusão e Libras.

No vídeo, o policial simula uma abordagem de rotina, porém em Libras.

Recentemente, um PM de Espumoso, também no Rio Grande do Sul, produziu um vídeo explicando como pessoas surdas podem se comunicar em casos de emergência.

Ficou curioso para conferir como foi o vídeo que reuniu a Brigada Militar do Rio Grande do Sul com o Visurdo?

Clique nesse link e assista ao vídeo completo.

Não esqueça de compartilhar com outras pessoas que também acreditam que uma comunicação inclusiva é fundamental para todos nós!

Comentários

Open chat