LiveZilla Live Help

Novo teste com IA melhora precisão do diagnóstico de autismo em crianças

O autismo, ou Transtorno do Espectro Autista (TEA), é difícil de diagnosticar, devido à sua ampla gama de características, que inclui, principalmente, dificuldade nas interações sociais e na comunicação, com limitações na fala e comportamentos compulsivos e/ou repetitivos; hiperatividade, ansiedade e problemas de adaptação a novos ambientes. Agora, uma pesquisa realizada na Universidade de Warwick, em Coventry, na Inglaterra, promete dar mais luz ao assunto, com a ajuda do uso de algoritmo e inteligência artificial (IA).

O resultado das análises no foi considerado pelos especialistas como o MELHOR DO QUE QUALQUER MÉTODO EXISTENTE!

O teste tem potencial para melhorar a precisão do diagnóstico para aproximadamente 90%.

“Esperamos que nosso teste possa melhorar a precisão do diagnóstico de autismo (TEA) dos atuais 60% a 70% atualmente alcançados por especialistas em transtornos neurológicos para aproximadamente 90%. Isso possivelmente poderá ser oferecido em todos os hospitais bem equipados com ou sem conhecimentos de alto nível em transtornos neurológicos”

Destacou ao Gizmodo a líder do projeto, a bióloga Naila Rabbani, que publicou um artigo sobre o assunto no periódico especializado Molecular Autism.

Fonte: Tecmundo

Comentários