No Dia Mundial da Paralisia Cerebral assista ao emocionante curta espanhol “Cuerdas”

Comemorado no dia 6 de Outubro, o Dia Mundial da Paralisia Cerebral tem como objetivo informar sobre a paralisia cerebral e chamar a atenção para a situação das pessoas com paralisia cerebral, que muitas vezes são esquecidas pela sociedade, permitindo assim que estas pessoas maximizem as suas potencialidades.

Campanha mundial, em tradução livre: Eu estou estou aqui pelo Dia Mundial da Paralisia Cerebral. Você está?

A data comemorativa foi idealizada pela World Cerebral Palsy Initiative, um movimento de pessoas com paralisia cerebral e suas famílias, e as organizações que as apoiam, em mais de 75 países e busca garantir aos pacientes com PC, os mesmos direitos, acesso e oportunidades que quaisquer outras pessoas.

De acordo com o Ministério da Saúde, existem 17 milhões de pessoas em todo o mundo vivendo com paralisia cerebral e outras 350 milhões estão intimamente ligadas a uma criança ou um adulto com PC.

Ademais, esta é a deficiência física mais comum na infância e uma das menos entendidas. A cada 1000 bebês, cerca de 1,5 – 2,5 podem ter paralisia cerebral.

Cuerdas é uma lição de amor baseada em uma história real

A animação espanhola Cuerdas é um curta-metragem que mostra a amizade entre Nicolás, portador de paralisia cerebral e María, em um orfanato. Assim, o segundo curta de Pedro Solís, foi vencedor do prêmio Goya de 2014, na categoria “Melhor curta-metragem de animação espanhola”.

O diretor Pedro Solís durante a premiação com a “cuerda” que aparece na animação.

Porquanto, a história, escrita e dirigida por Pedro Solís García, é inspirada na relação de amor e carinho construída entre os filhos do próprio diretor: a filha dele, Alejandra, tem uma ligação especial com o irmão, Nicolás, que possui paralisia cerebral que o impede de andar e falar.

Segundo o diretor, a história surgiu ao ouvir uma música e lembrar de seu filho.

Temas como igualdade, solidariedade, amizade e amor são muito falados e abordados no nosso cotidiano, mas pouca gente se dispõe a agir nesse sentido. Nesse singelo curta metragem fica claro, através do olhar de uma criança, que todos somos iguais e que, quando se tem um amigo de verdade, vencer as dificuldades é apenas uma questão de criatividade.” 

– Pedro Solís García

Assista ao emocionante curta espanhol “Cuerdas” no Dia Mundial da Paralisia Cerebral:

Gostou? Então não deixe de compartilhar este conteúdo! 🥰

Clique aqui para conhecer nosso curso de atualização em Paralisia Cerebral.

Comentários