MEDALHAS DOS JOGOS PARAOLÍMPICOS DE TÓQUIO FORAM PENSADAS NOS DEFICIENTES VISUAIS

administrador

Medalhas dos Jogos Olímpicos e Paraolímpicos de Tóquio foram pensadas nos deficientes visuais!

Novas medalhas olímpicas foram pensadas para os deficientes visuais

Estão chegando os Jogos Olímpicos e Paraolímpicos de Tóquio ! Você sabe como a comissão organizadora está preparando toda a infraestrutura do espaço destinado aos atletas e também ao público visitante, para atender bem e melhor aos deficientes visuais?

O Comitê Organizador dos Jogos Olímpicos e Paraolímpicos de Tóquio preparou medalhas para os atletas paraolímpicos, feitas por metais provenientes de eletrônicos reciclados, como celulares antigos, laptops, jogos portáteis e câmeras que foram doados pelo público. E pela primeira vez as medalhas terão características para que os deficientes visuais possam identificar sua posição no pódium, pelo toque.

Enquanto as medalhas olímpicas têm a aparência tradicional e simples, as paraolímpicas são projetadas em torno de motivos japoneses como o mangá e o ponto de pivô, representando a união de atletas, independentemente da nacionalidade ou etnia.

Nas folhas do leque estão representações do ambiente natural do Japão, incluindo rochas, flores, árvores, folhas e água, que podem ser identificadas quando sentidas na superfície texturizada. Isso é essencial para atletas com deficiência visual, que foram fortemente lembrados durante o processo de design.

Além das partes texturizadas, as medalhas dos Jogos Olímpicos e Paraolímpico de Tóquio também terão uma série de indentações circulares no lateral para indicar o local em que o recebedor obteve – uma indentação representa ouro, duas significa prata e três identifica bronze. As letras em braille também indicam “Tóquio 2020” na frente das medalhas.

Da mesma forma, a fita para a medalha possui pontos de silicone – um para ouro, dois para prata e três para bronze – outra maneira de os atletas com deficiência visual identificarem seu lugar.

(Fonte: https://bicycling.com.br/)

Quer aprender Braille? Vem fazer a oficina com a gente!

Acesse: Ensino.Digital

#OficinaDeBraille

#Acessibilidade

Comentários